E o que pensar?



Dia esses eu estava no terminal de ônibus quando vi uma cena que não gostaria de ter visto.
Uma mãe bem obesa com o filho ainda mais obeso. O menino devia ter no máximo 8 anos e já devia pesar uns 65 kg. Usava roupas de um homem adulto. A mãe também bem acima do peso, usava roupas que já não comportavam seu tamanho.
Isso seria comum, se não fosse apenas um detalhe: cada um dos dois saboreava um sanduíche daqueles maiores do Mc'Donalds. O que eu tenho contra o Mc'Donalds? Ué, nada, cada um deve estar ciente do que está pondo dentro de sua boca. O meu problema é com essa mãe: Como ela pode prejudicar o filho pela própria boca?
Eu não estou aqui pra acusar nem defender, mas eu tenho as minhas convicções, e sei que eu não deixaria meu filho comer essas coisas se estivesse obeso daquela forma. Era quarta-feira, não é dia de comer lanches. Por que não deixar esse tipo de coisa pro fim de semana?
O pior, era a maneira ávida com que os dois comiam os lanches... pareciam que nunca haviam visto comida.
Eu também fui obesa desde criança, e sei o quanto esse garoto ainda irá sofrer.
Fiquei pensando naquela cena no caminho para casa. Quando a obesidade é em crianças eu me comovo ainda mais.
São esses tipos de cena que eu gostaria de evitar.....
Vale a pena a reflexão.

Beijos a todos
Bom fim de semana!

Fabi Lange Brandes

1 comentários:

  1. Gostei da reflexão, Fabi...é uma pena que muitos não pensam assim...Bjs

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela paradinha, comente e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...